quinta-feira, 9 de janeiro de 2020

Povo e comerciante não prezam o meio ambiente

Pessoas mal educado que não prezam pelo meio ambiente, vem deixando há anos, grande quantidade de lixo, na calçada de uma ponte que corta um canal, neste trecho da Avenida Caxangá, bairro do Cordeiro, no Recife, em Pernambuco. Um dos poluidores é um dono de uma loja, que vende móveis usados que fica a poucos metros do local, cujo número do imóvel é 2684. Neste flagrante aparece uma sucata de um fogão, que segundo populares, foi deixado pelo dono da loja. Toda sujeira termina caindo dentro do canal. Foto: Firmino Caetano Júnior. Recife/PE.

Um comentário:

  1. A Emlurb esclarece que a coleta do ponto reclamado é feita diariamente no período noturno, mas mesmo assim existe um ponto crítico de descarte errado de lixo que é alimentado por moradores do entorno. Quanto a denúncia do estabelecimento citado, a fiscalização do órgão ficará atenta para emitir a notificação quando do flagrante do referido delito. Denúncias e reclamações podem ser registradas pelo número 156. Mauro Rossiter. Assessoria de Comunicação da Emlurb.

    ResponderExcluir