Queda recorde de linha telefônica fixa em doze meses

De acordo com dados divulgados pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), o Brasil registrou 40.047.304 linhas fixas em operação no mês de julho de 2018. Em relação ao mês anterior, julho apresentou redução de 180.500 (-0,45%) unidades e nos últimos 12 meses a diminuição foi de 1.224.404 (-2,97%) linhas. No mês de julho deste ano, 17.118.131 linhas fixas foram registradas pelas autorizadas no País e 22.929.173, pelas concessionárias. Em 12 meses, as autorizadas apresentaram um aumento de 37.788 (+0,22%) linhas e as concessionárias, por sua vez, apresentaram uma redução de 1.262.192 (-5,22%). Comparado a junho deste ano, houve queda de 25.580 (-0,15%) linhas nas autorizadas e nas concessionarias a perda foi de 154.920 (-0,67%). Fonte: Imprensa Anatel

Um comentário:

  1. É devido o celular. Poucas pessoas ainda estão fazendo uso deste tipo de aparelho telefônico. Só as pequenas e grandes empresas, lojas comerciais, supermercados, farmácias ainda tem por tradição. Também ligando de um orelhão a ligação é grátis.

    ResponderExcluir