Mesmo com a crise, produção de flores deve crescer no Brasil

Apesar da crise econômica e do desemprego, que afeta 12,9 bilhões de pessoas no país, o setor de produção de flores e plantas ornamentais planeja crescer entre 7% e 8% neste ano, em relação ao ano passado. As vendas ao consumidor final devem chegar a cerca de R$ 8 bilhões, segundo levantamento Instituto Brasileiro de Floricultura (Ibraflor). Apenas a cidade de Holambra, no interior paulista, que responde por 45% do mercado de flores do Brasil, deve crescer 10% nos negócios. A Expoflora – maior exposição de flores e plantas ornamentais da América Latina –, que vai até 24 de setembro, em Holambra, funciona como uma avaliação do mercado consumidor pelos produtores. Por Nadia Franco. Foto: Fabiano de Bruin. Fonte: Agência Brasil.

Um comentário:

  1. Deve ser o único que cresce, pois pelo que tenho visto, haja desemprego e empresas fechando no Brasil.

    ResponderExcluir