Melhorar formação e salários de professores será desafio de presidente

Profissionais essenciais para a educação, os professores não poderão ficar de fora da agenda dos próximos governantes. Juntamente com mudanças no ensino médio e a ampliação de vagas no ensino superior, a valorização dos docentes está entre os maiores desafios do eleito em outubro. Pelo Plano Nacional de Educação (PNE), lei aprovada em 2014, o país terá que melhorar não apenas os salários, mas também a formação de quem está todos os dias em sala de aula. Por Lilian Beraldo. Foto: José Cruz. Agência Brasil.

Um comentário:

  1. Realmente os professores são mal remunerados e merecem aumentos. O novo presidente vai ter investir mais na educação dando condições para estes profissionais, pois país com o povo mal educado nunca vai para frente. É a base de tudo. Vejam o exemplo do Japão, Correia do Sul e outros.

    ResponderExcluir